(41) 3093-9397 (11) 2844-1889 (41) 98780-0910 (41) 98780-0910

Notícias

 
27/09/2018

As cervejas prediletas da Alemanha

Fonte: www.deutschland.de – Acessado em: 27-09-2018

Pils

O tipo de cerveja mais apreciado na Alemanha é, sem dúvida, a Pils(conhecida como Pilsener no Brasil). A cerveja de cor dourada clara, com o sabor acre de lúpulo, tem muitos adeptos especialmente no Norte, Oeste e Leste da Alemanha. O nome foi derivado da cidade tcheca Pilsen. Lá, em meados do século 19, a qualidade da cerveja era tão ruim, que um grupo de “cidadãos com licença de cervejeiros” decidiu abrir uma cervejaria própria. O mestre cervejeiro foi Josef Groll, da Baviera. Ele trouxe para Pilsen uma nova receita de cerveja de baixa fermentação, que fora criada pelo seu pai. Baixa fermentação descreve um tipo de cerveja, no qual a levedura baixa para o fundo do recipiente, após a fermentação. Originalmente fora utilizada levedura de alta fermentação, que soba à tona, após o processo. A Pils é servida num copo especial, a “tulipa com haste”.

Weizenbier, o sucesso do verão

Weizenbier, também conhecida como Weissbier, conquistou a Alemanha, propagando-se do Sul para o Norte. É a mais bávara de todas as cervejas e tem uma longa história. A Weizenbier já era apreciada na Baviera séculos atrás, mas isso mudou em 1567, quando o monarca bávaro proibiu a produção de Weizenbier. A justificativa não foi convincente: seria apenas uma “bebida inútil”, que “só estimula a beber”. Na verdade, o valioso trigo não deveria ser empregado para a produção de cerveja. Posteriormente, os príncipes bávaros asseguraram-se abundantes fontes de dinheiro, com a concessão de licenças excepcionais. Hoje, todas as cervejarias podem novamente produzir Weizenbier. Graças ao seu sabor afrutado e ao teor relativamente baixo de gás carbônico, ela é apreciada sobretudo no verão. É bebida num copo alto, um pouco abaulado. Servi-la como deve ser no copo é uma verdadeira arte.

Cervejas regionais: Lagerbier

No Sul da Alemanha, principalmente na Baviera, a Lagerbier ou a Exportbieré ainda fortemente propagada e conhecida como “Bayrisch Hell” (no Brasil, cerveja clara). Ela contém pouco lúpulo, tem gosto levemente adocicado e é filtrada para ficar cristalina – daí a designação “Helles” (clara).

Kölsch e Alt

A Renânia possui duas especialidades cervejeiras: a Kölsch de Colônia e a Alt de Düsseldorf. Segundo a “Convenção da Kölsch” de 1986, apenas 24 cervejarias de Colônia e das imediações diretas podem produzir Kölsch. A Altbier é produzida e consumida sobretudo em Düsseldorf. O nome é derivado da velha (“alt”) e tradicional forma de produção, na qual ainda é empregada a levedura de alta fermentação. A cerveja com a cor de âmbar tem um sabor acre e é de excelente paladar.

Berliner Weisse

Em Berlim, está retornando à moda a Berliner Weisse. A especialidade do século 16, borbulhante e levemente amarga, é misturada com xarope de framboesa ou de aspérula e bebida com um canudinho.

Craft Bier

Os fãs de cerveja não devem deixar de provar as criações próprias dos jovens fabricantes alemães de Craft Bier. Cada vez mais cervejarias inovadoras na Alemanha estão apostando em novas e excelentes marcas de cerveja. A produção dessa cerveja é muito especial, pois ela é fabricada em pequenas quantidades por manufaturas que usam receitas incomuns e um modo tradicional de artesanato. São, na maioria, microcervejarias independentes, que perfazem mais de 90% de todas as 1 339 cervejarias da Alemanha.

 

Compartilhe:

voltar

Compartilhe no WhatsApp