(41) 3093-9397 (11) 2844-1889 (41) 98780-0910 (41) 98780-0910

Notícias

 
14/11/2017

Comida típica alemã: Um guia da gastronomia nacional

Por: Paula Miranda-Stracke – Fonte: Hostelworld

A comida típica alemã, assim como suas festas, faz parte do imaginário popular brasileiro  há muito tempo, sem sequer nos darmos conta disso. Quando eu me mudei para cá, pensava em encontrar salsichas, chucrute e cerveja por toda parte na Alemanha. E encontrei. Mas viajando mais pelo país, logo percebi que existe muito mais do que isso na culinária alemã.

Depois de morar na Alemanha por 1 ano e meio, sendo casada com um alemão e estar rodeada apenas por amigos alemães, eu me acostumei com a forma de comer e também com a gastronomia local. Não que isso signifique que eu tenha esquecido minhas raízes – eu, Paula Miranda-Stracke sou paulistana, jornalista e apaixonada por diferentes culturas e idiomas. Por isso, lá em casa, meu marido e eu temos sempre “comida internacional”, que é uma forma de comer de nós dois. Então, quando eu trago arroz e feijão na panela, ele me vem com batata de tudo que é jeito e modalidade. E tantos outros sabores, cheiros, costumes e ideias novas.

Jeitinho brasileiro × Jeitinho alemão

Os alemães acham é graça quando digo que na casa da minha família do Brasil, e também em muitos outros lares brasileiros, quando a parentada se reúne tem na mesa comida para três anos. “Não é uma carninha e um acompanhamento, como vocês fazem”, explico. Brasileiro quando reúne a família põe na mesa um almoço caprichado, finalizado com um cafezinho e com, pelo menos, dois tipos de sobremesa. A comilança se repete no lanchinho da tarde/jantar, porque esses encontros familiares sempre acabam se estendendo até mais tarde, não é mesmo?
Já na Alemanha, há o costume de comer apenas uma “refeição quente” por dia. Eles têm inclusive um ditado que diz “Tome o café da manhã como um imperador, almoce como um rei e jante como um mendigo”. Então, enquanto em alguns outros países não se come muito na parte da manhã, na Alemanha, se dá muito valor a um café reforçado com queijos, embutidos, geleia, ovo, marmelada, frutas, suco e um bom pão. Não é à toa que existem cerca de 300 tipos diferentes de pão – mais do que em qualquer outro lugar do mundo!

Culinária alemã do dia-a-dia

A culinária alemã varia de região para região. Mas uma coisa que se tem em comum entre todas elas é a batata. Muita batata. Seja como prato principal ou acompanhamento, ela é o equivalente ao nosso arroz e feijão. E existem muitos tipos e jeitos de comê-la diariamente sem enjoar. Abaixo uma listinha para você já ir se familiarizando com alguns nomes:

➡️ Kartoffelpuffer – panqueca frita de batata

➡️ Kartoffelsalat – salada de batata

➡️ Bratkartoffel – cozido de batatas

➡️ Kartoffelbrei – purê de batata

➡️ Croquette – croquete de batata

➡️ Pommes – batatas fritas

➡️ Knödel: bolinhos de batata

➡️ Süßkartoffel – batata-doce

➡️ Kartoffelsuppe – sopa de batata

Pratos típicos da Alemanha: os mais pedidos em restaurantes

Wiener Schnitzel:

Esse é um prato que você encontra com certeza em qualquer restaurante típico alemão ou em um almoço em família. Seria o equivalente ao nosso bife à milanesa. Geralmente é feito de carne de porco ou vitela. Ele é mergulhado em farinha, ovo e pão ralado, depois é frito em manteiga ou óleo. Tradicionalmente é servido com uma fatia de limão e acompanhado de batatas fritas. Não tem segredos.

Schweinshaxe mit Sauerkraut:

Este é outro prato típico da Alemanha – o conhecido e imponente joelho de porco. O nome e seu modo de preparo variam de região para região, mas a porção costuma impressionar. No prato vem uma carne bem temperada, macia e com casquinha crocante. Vem acompanhada com chucrute e é um dos mil pratos alemães com batata, como Knödel ou Bratkartoffeln.

Käsespätzle:

Para quem ama queijo como eu, essa é a opção perfeita. É um macarrão em formato bem pequeno servido com molho de queijo e normalmente com cebola frita em cima. A porção no prato costuma ser generosa e, por ter tanto queijo, sustenta bem até duas pessoas. Uma deliciosa bomba calórica!

Sauerbraten mit Knödel:

Mais um prato único alemão é esta carne assada (pode ser de diferentes tipos) que tem que ser marinada em vinho, vinagre, ervas, temperos e especiarias por até 10 dias! Vem acompanhada de bolinhos de batata e repolho roxo.

Kassler:

Kassler nada mais é que um corte de carne suína salgada e levemente defumada. O prato geralmente vem acompanhado com chucrute e, claro, batatas.

Comidas típicas de rua: um clássico de Norte a Sul

Currywurst:

A combinação de dois dos melhores alimentos: molho curry e salsichas. Esta é a clássica e gordurosa comida de rua alemã, melhor acompanhada por uma grande porção de batata frita. Há até mesmo um museu dedicado a este consagrado alimento em Berlim, acredita?

Weißwurst + Bretzel:

Principalmente consumido na região da Baviera, este prato é feito para ser comido antes do meio-dia. É a combinação de salsicha branca com um pão típico salgado que vem em forma de nó — é basicamente um saboroso Brunch. Dica: é totalmente permitido tomar uma cerveja junto.

Bratwurst:

Este é outro clássico nacional. É a conhecida salsicha servida no pão. De preferência com mostarda. Tão simples e tão bom.

Flammkuchen:

Essa é a tradicional pizza alemã, apesar de não ter o gosto de uma. Isso porque o molho de tomate é trocado pelo “molho branco” (sour cream e ervas). Ela costuma ter a massa bem fininha, crocante e assada em forno a lenha. A refeição é servida sobre uma tábua de madeira e pode ter a forma retangular ou redonda.

Sobremesas típicas alemãs que você tem que provar

Schwarzwälder Kirschtorte:

Esse é o famoso Bolo Floresta Negra, que dispensa apresentações. A imagem já diz tudo.

Apfelstrudel:

Essa torta também faz sucesso por aqui. É uma daquelas sobremesas de vó, cuja massa folhada é recheada com maçã, açúcar, canela e passas. É servido quente e vem acompanhado com sorvete de creme ou chantilly. Você não vai deixar a Alemanha com fome!

Lebkuchen:

Embora sejam vendidos o ano todo, Lebkuchen são mais populares na época de Natal. Eles são comparados com nossos pães de mel e podem ser feitos em diferentes formatos. A forma de coração é a mais procurada, sendo as bordas enfeitadas com glacê de açúcar e com este mesmo glacê se escrevem mensagens no centro, como “Ich liebe Dich” (= “Eu te amo”). Dica de presente para os apaixonados.

Compartilhe:

voltar

Compartilhe no WhatsApp