(41) 3093-9397 (11) 2844-1889 (41) 98780-0910 (41) 98780-0910

Notícias

 
13/12/2018

Pastelaria de Natal da Alemanha

Pastelaria de Natal da Alemanha

Fonte: www.deutschland.de – Acessado em: 13-12-2018

Quando lá fora está gelado, quando as feiras de Natal são a atração e as saudações do Advento chegam às nossas casas, então chegou também a hora dos confeiteiros na Alemanha. É o que se poderia imaginar. Mas para fornecer as guloseimas típicas às lojas e às nossas casas, os artesãos tradicionais têm de iniciar seu trabalho muito tempo antes das festas natalinas. Além do mais, alguns dos seus produtos têm um longo caminho pela frente: por exemplo, o “Baumkuchen”, que é apreciado entretanto em muitos lugares no mundo, segundo a Confeitaria Buchwald, em Berlim.

A confeitaria berlinense existe há mais de 160 anos. Ela foi fundada em Cottbus, mas logo se transferiu para Berlim, porque lá já havia abastecimento com gás, em cujo fogo o “Baumkuchen” podia ser assado com melhores resultados. O “rei dos bolos”, preparado em camadas em volta de um rolo rotativo e coberto com chocolate, foi fornecido pela confeitaria até mesmo à corte prussiana. Hoje, ao lado de personalidades berlinenses, os fregueses da antiga fornecedora da corte estão espalhados por muitos países. Eles recebem o bolo pelo correio, pontualmente para a festa de Natal.

Também o marzipã da Alemanha tem há muito uma reputação mundial e está estreitamente ligado com a cidade de Lübeck e com o nome Niederegger. No ano de 1806, Johann Georg Niederegger, um jovem do sul da Alemanha, comprou uma confeitaria na cidade hanseática e ampliou a empresa com muito sucesso. As caixas de marzipã com as iniciais J. G. N. foram fornecidas à corte do czar russo. Hoje, a própria empresa tornou-se uma atração turística – o Café Niederegger e o museu adjacente são destinos apreciados pelos visitantes de Lübeck.

O marzipã, uma fina massa de amêndoas e açúcar, não foi inventado na Alemanha, mas sim no Oriente, séculos antes do nascimento de Niederegger. Também uma outra das apreciadas especialidades natalinas da Alemanha teve a sua origem fora da Europa: um tipo de pão de mel – biscoito doce, temperado – já era conhecido no antigo Egito. A provavelmente mais longa tradição entre as guloseimas natalinas da Alemanha é atribuída ao “Christstollen”, que foi inventado nos mosteiros, como pão para a época do jejum. Ele não foi sempre, pois, tão nutritivo assim, como se apresenta hoje – com muita manteiga e frutas secas.

www.konditoren.de

www.konditorei-buchwald.de

www.niederegger.de

Compartilhe:

voltar

Compartilhe no WhatsApp